Filmes que eu recomendo:

 

- Quando fala o coração (EUA, 1945). Direção: Alfred Hitchcock
- A viagem de Chihiro
(Japão, 2001). Excelente filme de animação!
- Viajo porque preciso, volto porque te amo
(Brasil, 2010)
- Rent
(EUA, 2005). Musical. Legal!
- Carancho
(Argentina, 2010). Direção: Pablo Trapero. Filmaço sobre a máfia das indenizações por acidentes de trânsito na Argentina. Excelente!
- Ida
(Polônia, 2013). Muito bom! Vencedor do Oscar 2015 de Melhor Filme Estrangeiro
- Onde vivem os monstros
(EUA, 2010)
- Dançando no escuro
(2000). Dir.: Lars von Trier
- Tese sobre um homicídio
(Argentina, 2013). Bom suspense!
- Relatos selvagens
(Argentina, 2014). Sensacional!!!
- Inside Llewyn Davis: Balada de um homem comum (EUA, 2013). Dir.: Joel e Ethan Coen. Muito bom!
- Eu e você
(Itália, 2013). Dir.: Bernardo Bertolucci
- O segredo dos seus olhos
(Argentina, 2009). No início parece um policial qualquer, mas logo percebemos que é bem mais que isso. Muito bom!
- Chuva
(Argentina, 2008). Dir.: Paula Hernández
- Criando asas
(Estados Unidos, 2013). Filme leve, divertido, com belas paisagens e belas aves. Bonzinho.
- A reconstrução (Argentina, 2013). Um homem solitário e triste redescobre a alegria de viver ao passar as férias na casa de um amigo em Ushuaia, sul da Argentina. Belo filme!
- Irina Palm
(Bélgica, Luxemburgo, Alemanha, Reino Unido, França, 2007). “A melhor mão direita de Londres”. Filme leve, engraçado, mas que faz a gente pensar.
- Birdman
(EUA, 2014). Os bastidores de uma produção da Broadway... Mas não é só isso não. É isso e muito mais. Excelente!!!
- Whiplash
(EUA, 2014). Em busca da perfeição... Filme fantástico!!!
- Quem foi Kafka?
(ALE, 2006). Documentário.
- O lugar onde tudo termina
(EUA, 2013). Filme muito bom. Rompe com a ideia clichê Mocinho X Bandido de uma forma muito legal.
- O Grande Hotel Budapeste
(EUA, 2014). Filme muito divertido, esteticamente perfeito.
- Trapaça
(EUA, 2014)
- Clube de compras Dallas
(EUA, 2014)
- Nebraska
(EUA, 2013). Filme excelente. O clima é melancólico, a história, triste, mas a relação do pai idoso com o filho mais novo enche a gente de esperança.
- Deixa ela entrar
(Suécia, 2008). Sem dúvida, o melhor filme de vampiro que eu já assisti. Bonito e aterrorizante ao mesmo tempo.
- Ela
(EUA, 2014). Excelente!
- Magia ao Luar
(EUA, 2014). Direção: Woody Allen. Muito bom!
- A vida secreta de Walter Mitty
(EUA, 2013). Direção : Ben Stiller. Divertido e inspirador
- Le Feu Follet
(França, 1963). Direção: Louis Malle. Espetacular! Um homem em luta contra seu maior inimigo: ele mesmo.
- Um homem que dorme
(França, 1974). Roteiro: Georges Perec. Filme perturbador, difícil, mas muito interessante.
- Umberto D.
(Itália, 1952). Direção: Vittorio De Sica. Grande filme! A solidão e o desamparo da velhice em cenas lindas, tristes e engraçadas ao mesmo tempo. Genial!
- Km. 0
(Espanha, 2000). Uma divertida comédia sobre relacionamentos e coincidências felizes. Muito legal!
- Buscando a Miguel
(Colômbia, 2007). Prostitutas, travestis, políticos corruptos, mendigos, matadores de mendigos... Uma realidade muito parecida com a brasileira. Excelente!
- La generación de Pío
(Espanha, 2011). Legal!
- Sólo por hoy
(Argentina, 2001). Excelente!
- Dias de pesca
(Argentina, 2012). Direção: Carlos Sorín. Belo filme.
- La partida
(Cuba, 2013). Direção: Antonio Hens. Muito bom!
- Hawaii
(Argentina, 2013). Direção: Marco Berger. Muito bom!
- Noites Brancas
(Itália, 1957). Direção: Luchino Visconti. Baseado no livro homônimo de Fiodor Dostoievsky.
- Omar
(Palestina, 2013). A ocupação da Palestina por Israel a partir da perspectiva de Omar, um jovem ligado a um grupo rebelde palestino.
- Teorema
(Itália, 1968). Dir.: Pier Paolo Pasolini. Filme estranho, mas muito interessante. A dissolução de uma família burguesa...
- Só dez por cento é mentira – a desbiografia oficial de Manoel de Barros
(Brasil, 2008). Direção: Pedro Cezar
- Medianeras
(Argentina, 2011). Direção: Gustavo Taretto. Legal.
- Infâmia
(1961). Direção: William Wyler. Com Audrey Hepburn e Shirley MacLaine. Muito bom!
- I am from Chile (Chile, 2013). Direção: Gonzalo Díaz Ugarte. {Muito legal!}
- Luz de inverno
(Suécia, 1962). Direção: Ingmar Bergman.
- Close-up
(Irã, 1990). Muito bonito!
- Baixio das bestas
(Brasil, 2007). Dir.: Cláudio Assis. Forte. Chocante. Realidade bruta na boca do estômago.
- Rashomon
(Japão, 1951). Direção: Akira Kurosawa. Belo filme! Ótimo para se discutir o conceito de verdade.
- La Strada
(Itália, 1954). Direção: Federico Fellini
- C.R.A.Z.Y
. (Canadá, 2005). Direção: Jean-Marc Valée. Conta a história de uma família que poderia ser a de qualquer um de nós. Filme cheio de vida, emocionante.
- Tatuagem (Brasil, 2013). Direção: Hilton Lacerda. Ultrajante, debochado, divertido. Excelente!
- Ladrões de bicicleta
(Itália, 1948). Direção: Vittorio de Sica. Emocionante. Cinema de primeira qualidade.
- São Paulo S/A
(Brasil, 1965). Direção: Luís Sérgio Person. Muito bom!
- O Som ao Redor
(Brasil, 2012). Direção: Kleber Mendonça Filho. Excelente!
- Estado de sítio
(França, 1972). Direção: Costa-Gavras. Muito bom! {sobre as ditaduras militares na América Latina}
- Elefante
(2003). Filme norte-americano dirigido por Gus Van Sant, baseado no massacre de Columbine. Excelente!
- Febre do Rato
(Brasil, 2012). Direção: Cláudio Assis
- Memórias do subdesenvolvimento
(Cuba, 1968). Muito bom! A vida em Cuba após a revolução a partir do olhar de um burguês que decidiu não fugir para os EUA.
- O homem que virou suco
(1981). A triste realidade vivida por trabalhadores pobres em São Paulo, esmagados pela máquina opressora do dinheiro e do poder... até virarem suco...
- Correspondente estrangeiro
(1940). Direção: Alfred Hitchcock
- As cores da montanha
(2011). Produção colombiana. Excelente!
- Interlúdio
(1946). Direção: Alfred Hitchcock. {Excelente suspense!}
- El dia que murió el silencio
(Bolívia, 1998). Direção: Paolo Agazzi
- O Capital (2012).
Direção: Costa-Gavras. Uma crítica ao sistema financeiro internacional. Preciso e inteligente.
- Kill your darlings (2013).
Bom filme sobre os poetas e escritores beat Allen Ginsberg, William Burroughs e Jack Kerouac nos anos 40
- Trem noturno para Lisboa
(2013). Direção: Bille August
- Fahrenheit 451
(1966). Direção: François Truffaut
- Os Suspeitos
(Prisoners, 2013). Muito bom!
- Gravidade
(2013) Concorreu ao Oscar de melhor filme em 2014. Perdeu para “12 anos de escravidão”.  Excelente!
- Depois da Terra
(After Earth. 2013). Legal!
- Guerra Mundial Z
(c/ Brad Pitt). Muito bom!
- Álbum de família
(August: Osage County, 2013). Meryl Streep dando um show à parte. Excelente!
- Cosmópolis
(2012). Dir.: David Cronenberg. Uma reflexão sobre os prazeres instantâneos e os descontentamentos profundos da cultura contemporânea. Baseado na obra de Don DeLillo.
- Deus da carnificina
(Carnage, 2011). Dir.: Roman Polanski
- Maladies
(EUA, 2013). Afinal, o que é ser normal?
- Sonata de Outono
(Suécia/Alemanha/França, 1978). Dir.: Ingmar Bergman
- Sult
(Dinamarca/Noruega/Suécia, 1966). Mostra o dia a dia de um escritor solitário e faminto em Oslo durante o outono de 1890. Angustiante. Traduzido para o inglês como “Hunger” (“Fome”).
- Short Term 12
(2013). Excelente!
- Martyrs
(França, 2008). No mínimo, perturbador. Tem um pouco de “O Albergue”, mas é bem melhor, mais interessante.
- 7 cajas
(Paraguai, 2012). Excelente!
- Hannah Arendt
(2012). Muito bom! Mostra como foi o processo de escrita e a repercussão do livro “Eichmann em Jerusalém” (1963), de Hannah Arendt (1906-1975)
- Violeta foi para o céu
(Chile, 2011). Excelente filme sobre a vida da cantora e compositora chilena Violeta Parra (1917-1967)
- Faroeste caboclo
(2013, Dir.: René Sampaio). Bom!
- Poder além da vida
(Way of the Peaceful Warrior, 2006). “A felicidade está na jornada, não no destino”.
- Eclipse total
(ING, 1995). Leonardo Di Caprio no papel do poeta francês Arthur Rimbaud. Muito bom!
- Simple Simon
(Suécia, 2010). Ótimo filme sobre um rapaz com Síndrome de Asperger, um transtorno muito parecido com o Autismo.
- O Rei dança
(FR, 2000). Ótimo filme sobre a vida de Jean Baptiste Lully (1638-1687), compositor e instrumentista da corte de Luís XIV (1632-1715), rei da França.
- Caravaggio
(ING, 1986). Filme confuso, mas muito interessante, sobre o pintor Michelangelo Caravaggio (1571-1610)
- Fome de viver
(1983). Um dos melhores filmes de vampiro que eu já vi, com David Bowie, Catherine Deneuve e Susan Sarandon.
- Morte em Veneza
(ITA/FRA, 1971. Dir.: Luchino Visconti). Belo
- José e Pilar (2010).
Documentário que acompanha dois anos da vida do escritor português José Saramago e de sua esposa Pilar del Rio. Muito bom!
- Blue Jasmine
(2013, Dir.: Woody Allen). Excelente!
- Van Gogh &Theo
(1990, Dir.: Robert Altman). Sobre as vidas do pintor holandês Vincent Van Gogh (1853-1890) e de seu irmão Theodore Van Gogh (1857-1891). Muito bom!
- Os Fantasmas de Goya
(ESP/EUA, 2006. Dir.: Milos Forman). Impressionante! Pega a história da Espanha no final do século XVIII e início do XIX (Inquisição, guerras napoleônicas)
- Cuando me toque a
(Equador, 2006). Angustiante, mas muito bom!
- Enterrado vivo
(EUA/ESP, 2010). Legal!
- Nome Próprio
(2007). Direção: Murilo Salles. Excelente filme!
- O lado bom da vida
(2013). Uma comédia muito legal!

- O incrível exército de Brancaleone (Itália, 1966). Direção: Mario Monicelli (1915-2010). Muito divertido!

-O Substituto (2011). Direção: Tony Kaye. {Muito bom! Identifiquei-me muito com o personagem principal} Título original: Detachment

- Anticristo (2009). Direção: Lars Von Trier. {Chocante demais. Muito estranho. Perturbador}

- Cinema, aspirinas e urubus (Brasil, 2005). Filme muito bom sobre a amizade entre um alemão e um brasileiro no sertão nordestino (contexto: Segunda Guerra Mundial)

- Raul: o início, o fim e o meio (2012) {documentário sobre Raul Seixas}

- Renoir (2012). Direção: Gilles Bourdos

- Manderlay (2005) Direção: Lars Von Trier. {Sequência de Dogville. Muito bom!}

- Dogville (2003). Direção: Lars Von Trier. {Perturbador. Surpreendente}. Com Nicole Kidman.

- On the Road – Pé na estrada (2012). Direção: Walter Salles {Muito legal! Mas não preciso nem dizer que o livro é muito melhor}

- Hitchcock (com Anthony Hopkins no papel do Mestre do Suspense). Para os fãs de Hitch, muito bom!

- Django (2012). Direção: Quentin Tarantino. Excelente!

- Kaboom (2010). Interessante!

- As aventuras de Pi (Dir.: Ang Lee)

- Argo (Dir.: Ben Affleck)

- 007 – Operação Skyfall (Dir.: Sam Mendes)

- Selvagens (Dir.: Oliver Stone)

- O Último Portal (Dir.: Roman Polanski) {baseado no livro “O clube Dumas”, de Arturo Pérez-Reverte}

- As palavras (The words) {com Jeremy Irons}. Muito bom!

- Billy Elliot (produção inglesa) Excelente!

- Headhunters (produção norueguesa) Lembra a trilogia Millennium

- Prometheus (Dir.: Ridley Scott) {Muito bom!}

- Missão Impossível: protocolo fantasma {legal!}

- Intocáveis (Intouchables)

- A rainha do castelo de ar {terceiro filme da trilogia sueca Millennium. Excelente!}

- Sherlock HolmesO jogo de sombras {Muito divertido!}

- Para Roma, com amor (Direção: Woody Allen)

- O quarto poder {Mad City, 1997. Direção: Costa-Gavras. Muito bom!}

- As Nove Rainhas {produção argentina lançada em 2001. Excelente!}

- A invenção de Hugo Cabret {filme singelo e muito bem feito sobre um importante capítulo da história do cinema}

- Meu País (c/Rodrigo Santoro, Debora Falabella e Cauã Reymond) {Emocionante!}

- O Artista (The Artist) {Excelente!}

- A Casa dos Sonhos (Dream House) {Suspense/mistério com um leve toque de sobrenatural}

- A menina que brincava com fogo {Segundo filme da série sueca Millennium. Excelente!}

- A Legião Perdida (The Eagle) {Filme de aventura, muito bem feito, sobre a presença romana na Grã-Bretanha}

- Nenhum a menos (1999) {Filme chinês, ganhador do prêmio de Melhor Filme do Festival de Veneza em 1999}

- Chatroom {Muito bom!}

- Incêndios (Incendies, 2010) {Filme franco-canadense}. Excepcional!

- Estamos juntos (Nacional). {Muito bom}

- A Teia de Chocolate (‘Merci pour le chocolat’. Direção: Claude Chabrol)

- Lutero {Uma bela aula de História!}

- Ensaio sobre a Cegueira {Baseado no livro de José Saramago}

- A Hora da Estrela (1985). {Premiado filme de Suzana Amaral, baseado no livro de Clarice Lispector}

- As confissões de Henry Fool (Direção: Hal Hartley). {Prêmio de Melhor Roteiro no Festival de Cannes}. Recomendo!

- A Pele que Habito (Direção: Pedro Almodóvar). {Perturbador}.

- Little Ashes (sobre Dalí, Lorca e Buñuel)

- Melancholia. Direção: Lars Von Trier

- O jantar (La cena). Direção: Ettore Scola {Excelente!!!}

- O exorcismo de Emily Rose {Excelente! Muito interessante para estudantes de Direito}.

- O Ritual (The Rite), c/ Anthony Hopkins {Vale a pena conferir, principalmente pela interpretação de A. Hopkins}

- A Minha Versão do Amor (Barneys version), c/ Paul Giamatti e Dustin Hoffman {Muito bom!}.

- Meia Noite em Paris (Midnight in Paris). Dir.: Woody Allen. {Uma viagem inesquecível!}.

- Demônio (Devil) {Muito legal!}. Ótimo filme de terror!

- O Discurso do Rei {Legal}

- Cisne Negro {Excelente!}

- A Rede Social {Legal}

- A Fita Branca {Indicado ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro, vencedor do Globo de Ouro de Melhor Filme Estrangeiro e da Palma de Ouro no Festival de Cannes 2009}. Muito bom!

- Nosso Lar {Baseado no livro de Chico Xavier}

- O Mensageiro (The Messenger). Filme muito interessante sobre o trabalho dos “mensageiros”, que levam as notícias das mortes de soldados do exército americano às suas famílias. Os atores são excelentes!

- O Escritor Fantasma (The Ghost Writer). O novo filme de Roman Polanski, filmado na Inglaterra, além de uma bela alfinetada nos Estados Unidos, é muito bom!

- A Origem (The Inception). Intrigante, inteligente, arrebatador. Bom demais!

- Grey Gardens (Do luxo à decadência). Filme excelente, com Drew Barrymore e Jessica Lange nos papéis principais.

- 5 X Favela: Agora por nós mesmos. {5 histórias contadas por jovens cineastas da favela. Excelente}.

- Almas à venda (Cold Souls) {Uma comédia engraçada e muito inteligente}

- Os homens que não amavam as mulheres {EXCELENTE filme sueco, baseado num dos livros da trilogia Millennium: um suspense/mistério de 1ª categoria. 150 minutos de pura emoção}.

- Tudo pode dar certo (Whatever Works) {Mais um excelente filme de Woody Allen! Corrosivo e muito engraçado!}

- Invictus {Filme muito bom sobre Nelson Mandela e a seleção de Rugby da África do Sul em meados dos anos 90}

- Pacto maldito (Mean Creek) {Excelentes interpretações num filme envolvente e chocante}

- Lunar (Moon) {Excelente! Mostra até onde a ambição capitalista pode chegar}

- Avatar {O filme realmente impressiona pelos efeitos especiais e pela criatividade das cenas, mas achei o final muito previsível}.

- Amor sem escalas (Up in the air) {Filme excelente! Uma visão divertida e ao mesmo tempo séria sobre os relacionamentos no mundo capitalista}.

- Coco antes de Chanel {Bela produção francesa sobre a jovem cantora e costureira que saiu do nada e se tornou uma das mais importantes estilistas do mundo}.

- Atividade paranormal {Realmente assustador. Uma idéia velha – a da casa mal-assombrada –, mas apresentada de forma muito original}.

- Distrito 9 {Um bom filme de ETs. Nunca tinha visto nada parecido}

- Abraços partidos (Los abrazos rotos; Direção: Pedro Almodóvar).

- Não se preocupe, estou bem (França)

- A Partida (Japão). {Belo filme sobre a Morte}

- Star Trek (EUA; Direção: J. J. Abrahans)

- Os Falsários (Die Fälscher, 2007) {Excelente produção alemã}.

- Contos do Dia das Bruxas (Trickr Treat) {Finalmente, um bom filme de terror}.

- Um Estranho no ninho (EUA,1975; Direção: Milos Forman; com Jack Nicholson)

- Pecados íntimos (Little Children)

- O declínio do Império Americano {Produção americana do início da década de 80, com diálogos excepcionais}

- Anti-herói americano (American Splendor) {Excelente!}

- Quem quer ser um milionário?

- Linha de Passe (Brasil) {Excelente!}

- Foi apenas um sonho (Revolutionary Road)

- Reflexos da Inocência (Flashbacks of a Fool) {Produção inglesa de primeira! A cena final é memorável}

- Hora de voltar (Garden State)

- Uma canção de amor a Bobby Long {Excelente interpretação de John Travolta como Bobby Long}

- Hotel Ruanda

- 007 – Quantum of Solace.

- Quatro minutos (Alemanha)

- Vicky Cristina Barcelona (Direção: Woody Allen)

- Bem-vindos (Together; Suécia) {Um dos melhores filmes sobre hippies que eu já vi}.

- Amarelo manga (Brasil, 2003) {Filme nacional muito pouco comentado, mas excelente!}

- Um beijo roubado (My Blueberry Nights)

- O Escafandro e a Borboleta (França)

- Batman: O cavaleiro das trevas

- Estômago (Brasil)

- Por conta do destino (Heights)

- Adeus, Lênin (Alemanha)

- Más companhias (The Chumscrubber)

- Transamérica

- Herencia (Argentina)

- Diamante de sangue

- Margot e o casamento

- Antes que o diabo saiba que você está morto (Direção: Sidney Lumet)

- Apenas uma vez (Once)

- Na Natureza Selvagem (Into the Wild) {Inesquecível}

- Contra todos (Brasil) {Outro filme nacional da melhor qualidade e pouco comentado}

- Amores brutos (Amores perros)

- Meu nome não é Johnny (Brasil)

- A Vida dos Outros (Alemanha)

- Assassinato em Gosford Park (Inglaterra; Direção: Robert Altman)

- The Edukators (Alemanha)

- Plata Quemada (Argentina)

- Frida {Impressionante a vida desta notável pintora mexicana}

- Oito Mulheres (França)

- O ano em que meus pais saíram de férias (Brasil)

- A vida de David Gale (Direção: Alan Parker)

- A janela da frente (Itália)

- O Grande Truque (The Prestige)

- Match Point (Direção: Woody Allen)

- Volver (Espanha; Direção: Almodóvar)

- Hannah e suas irmãs (Direção: Woody Allen) {Até agora este foi o melhor filme do Woody Allen que eu já vi}

- Os sonhadores (França; Direção: Bernardo Bertolucci)

- O Senhor dos Anéis: A sociedade do anel

- O Senhor dos Anéis: As duas torres

- O Senhor dos Anéis: O retorno do rei

- Morangos silvestres (Suécia; Direção: Ingmar Bergman)

- A Queda – os últimos dias de Hitler (Alemanha)

- Guerra dos Mundos (Direção: Steven Spielberg)

- A Festa de Babette (Dinamarca; França)

- Má educação (Espanha; Direção: Almodóvar)

- Igual a tudo na vida (Direção: Woody Allen)

- Cidade de Deus (Brasil)

- Noivo neurótico, noiva nervosa (Direção: Woody Allen)

- The Doors (Direção: Oliver Stone)

- Alta Fidelidade

- Beleza Americana

- Tudo sobre minha mãe (Espanha; Direção: Almodóvar)

- Festa de família (Dinamarca)

- Carne trêmula (Espanha; Direção: Almodóvar)

- Central do Brasil (Brasil)

- Gritos e sussurros (Suécia; Direção: Ingmar Bergman)

- O sétimo selo (Suécia; Direção: Ingmar Bergman)

- O discreto charme da Burguesia (1972, França; Luis Buñuel)

- A Bela da Tarde (1967, França; Luis Buñuel)

- O Fantasma da Liberdade (1974, França; Direção: Luis Buñuel)

- Janela Indiscreta (1954; Direção: Alfred Hitchcock)

- Um corpo que cai (1958; Direção: Alfred Hitchcock)

- Kolya (Tchecoslováquia)

- Morango e chocolate (Cuba)

- Os Suspeitos

- A excêntrica família de Antônia (Holanda; Bélgica)

- Fanny e Alexander (1982, Suécia; Direção: Ingmar Bergman)

- Blue – A Liberdade é azul (França)

- Blanc – A Igualdade é branca (França)

- Rouge – A Fraternidade é vermelha (França)

- Indochina (França)

- No se lo digas a nadie (Peru)

- Y tu mamá tambien (México)

- A Lei do Desejo (Espanha; Direção: Pedro Almodóvar)

- Assassinato no Expresso do Oriente (1974; baseado no livro de Agatha Christie).

- Morte sobre o Nilo (1978; baseado no livro de Agatha Christie)

- Eu sou o senhor do castelo (França)

- Todas as manhãs do mundo (França)

- A flor do meu segredo (Espanha; Direção: Pedro Almodóvar)

- Tiros na Broadway (Direção: Woody Allen)

- Mulheres à beira de um ataque de nervos (Espanha; Direção: Pedro Almodóvar)

- Sleuth – Jogo Mortal (1972; com Laurence Olivier e Michael Caine).

- Disque M para Matar (Direção: Alfred Hitchcock)

- Festim Diabólico (Direção: Alfred Hitchcock)

- De olhos bem fechados (Direção: Stanley Kubrick)

- 007 – Os diamantes são eternos (Inglaterra, 1971)

- Side ways (Entre umas e outras)

- Superman – O Retorno.

- A vida secreta dos dentistas